Voz Oblíqua: Outubro 2005
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006
  • Agosto 2006
  • Dezembro 2006
  • Janeiro 2007
  • Fevereiro 2007
  • Março 2007
  • Abril 2007
  • Maio 2007
  • Junho 2007
  • Current Posts
  • Marcadores / Categorias

  • Adopção
  • Agradecimentos
  • Amigo(a)s
  • Animais não-humanos
  • Apelos
  • Blogs
  • Confissões
  • Contribuições
  • Correntes
  • Crónicas
  • Dedicatórias
  • Efemérides
  • Emoções
  • Entretenimento
  • Exasperações
  • Família
  • Filmes
  • Glórias e Vitórias
  • História e Estórias
  • Imagens
  • Livros
  • Lugares
  • Música
  • Momentos embaraçosos
  • Natal
  • Novidades
  • Oops...
  • Opiniões
  • Páscoa
  • Politiquices
  • Recordações
  • Retóricas
  • Revoltas
  • Rir é o melhor remédio
  • Solidariedade
  • Sugestões
  • Teasings
  • Teatro
  • Televisão
  • Testes
  • Trabalho
  • Vida real

  • Vozes intercessoras

  • A Ouvinte do Bikini Laranja
  • About last Night
  • Adorei estes Dias
  • Amar-ela
  • Baton de Cieiro
  • Blogotinha
  • Cidade Mágica
  • Confidências
  • Cumentarius Ignorantes
  • Divas & Contrabaixos
  • Efeito Fotoeléctrico ou Introdução à Teoria da Relatividade Restrita
  • Espelhos e Labirintos
  • EuE
  • Fábulas
  • Fabulosamente Louca
  • Farinha Amparo
  • Francisco del Mundo
  • Lote 5 - 1º Dto.
  • Mesa de Café
  • Nimby Polis
  • Notas de Aveiro 1.9
  • O Blog que não e meu
  • O Polegar Verde
  • Palavras ao Acaso
  • Palavras entre Palavras
  • Pandora's Box 2.0
  • Pé de Meia
  • Pseudoblog
  • Respostas Paralelas
  • Voz em Fuga
  • Unknown
  • A Revolta dos Pastéis de Nata
  • Carlos Moura
  • Corpo Dormente
  • Espero bem que não...
  • Gato fedorento
  • João Seabra
  • Blogopédia
  • Consultório da Kitty
  • Designed by Xilla

      Hit Counter

      Contagem decrescente para a caça mais atroz do mundo inteiro...

      ANIMAL

     
    Yo no creo en brujas, pero que las hai, hai! domingo, outubro 30, 2005

    Os meus amigos dizem que tanto azar para uma só pessoa não é normal. Tudo me acontece! Há teorias de que alguém me rogou alguma praga... (Há ainda quem diga que tamanha tensão pode ter a ver com o signo, pois parece que o "momento menos bom" é comum a todas as Balanças!)

    Na verdade sempre achei a ideia mesquinha, e nunca acreditei. Mas pelos sim, pelo não, amanhã é o Halloween, e pode ser que acabe "exorcizada"!


    Não vou sair para me divertir, por razões óbvias (para os mais atentos), mas espero que todos vocês o façam por mim!

    Etiquetas:

    Adrenalina na Auto-estrada quinta-feira, outubro 27, 2005

    O pneu estourou, ouviu-se um tilintar frenético, a mão voou decidida até à caixa de velocidade reduzindo a marcha, o carro girou de encontro aos rails de separação das vias, tornou a dar mais um pião, e foi impelido para a berma, atravessando sem pudor as faixas esquerda e direita, e caíu resoluto na vala de terra!

    Aconteceu ontem, ao quilómetro 268 da A1, que liga Lisboa ao Porto!

    Na verdade, eu estava com alguma pressa em ir visitar o meu pai, agora internado no Hospital S. Sebastião. Não estava propriamente com intenções de me juntar a ele nos cuidados intensivos...

    Etiquetas:

    20.000 já cá cantam... quarta-feira, outubro 26, 2005

    Lisonjeada pelos visitantes terem crescido a olhos vistos desde ontem, e contando já mais cerca de 80 visitas acima das tão esperadas 20.000, é com muito prazer que agradeço ao Idontwannagrowup pela espreitadela, e pela atenção, tendo mesmo enviado o print screen a confirmar o "tal" clique certeiro!

    E a agitação é tal, que tive acesso privilegiado a um tablóide que vai estar nas bancas apenas amanhã de manhã, que noticia o que aqui vos informo em primeira mão!


    O Voz Oblíqua nasceu há cerca de 9 meses, após a minha anterior incursão na blogosfera com o ·▪•●Brainstorming●•▪·. Este chegou com a vontade de não calar a tanta coisa, e entretanto serviu também para dar um pouco mais de mim aos que me visitam com regularidade. E é por vocês - os que deixam marcas, ou aqueles que gostam de passar despercebidos - que tenho tanto prazer em "passear-me" por cá!

    Idontwannagrowup, agora só preciso de puxar muito pela cabeça, para encontrar um jeito de te presentear...


    Entretanto, Obrigada a Todos!

    Etiquetas: ,

    Pedido de Certificação terça-feira, outubro 25, 2005

    Caríssimos amigos e visitantes,

    O Voz Oblíqua já ultrapassou as 19.900 visitas, estando por isso em contagem decrescente até ao redondo e bonito número dos 20.000 clicks!

    Sou a desafiar o autor deste tiro certeiro à sua certificação através do envio do print screen do contador (que foi propositadamente trazido para cima) para o meu e-mail.

    Quando o contador marcou o número 10.000, o
    Brunex (um querido, simpático, e mais do que atento visitante - que entretanto se tornou membro) foi presenteado com uma poesia popular. Logo se vê que surpresa se pode preparar desta vez...

    Os mais próximos saberão que a altura não está para grandes festejos, mas não quis evitar partilhar este momento com todos os que aqui vêm de quando em vez, e não partem sem antes deixar palavras simpáticas e de conforto!



    E para que não vos escape nada, hão-de reparar na mensagem em scroll logo no início da barra lateral (semelhante à que se encontra no post, em baixo). Se estás com pouca vontade de ir ao concerto de Coldplay no próximo dia 23 de Novembro no Pavilhão Atlântico, ou se conheces alguém com muita vontade de vender um bilhete já adiquirido, contacta-me, por favor!


    Por ora shiuu , está na hora de recolher...

    Etiquetas:

    Denúncias na Praça Pública segunda-feira, outubro 24, 2005

    [Antes de mais nada, o meu muito obrigada a todos os que, alerta pela mensagem que deixei no post anterior, se preocuparam, e aqui, no e-mail ou no MSN foram deixando palavras de conforto... É bom saber que se preocupam! Infelizmente as coisas estão longe de estar bem, e por isso vim aqui para desanuviar um pouco! Aqui fica uma brincadeira que estava na senda da publicação. Depois disto, volto para o hospital...]


    Depois das Denúncias em Haste Pública, chegam as Denúncias na Praça Pública! Ignorando comentários menos politicamente correctos ou ortodoxos (porque na verdade isto é uma brincadeira, e quem não o quiser ver como tal, é livre de escolher tornar ou não a visitar este blog), eis que surgem os resultados das pesquisas que se têm levado a cabo desde então no sistema Informai-voz!

    I

    Dark energy: Eu até gostava de encontrar uma lógica para esta pesquisa, mas todas as tentativas foram infrutíferas! Isto soa a forças ocultas, e não, por aqui não se pratica nada disso!

    Alguém quer tentar explicar-se?

    II

    Banda Sonora Alma Gémea: Isso é o quê? A novela brasileira que pertence à grelha de programação da Sic? Mais uma vez não, por aqui não se ouve nada disso! Nem vê... Portanto, lamento!

    De novo: alguém me explica por que raio achava ir encontrar tal coisa por aqui?

    III

    Aperta com ela: ok, ok! Esta vale... Recordam-se de ter falado no grande êxito deste Verão (pela voz de José Malhoa) quando prestei singela homenagem à l'émigrant?

    Será que quem cá veio procurar por isso, procurava a letra? Pronto, pronto, não se queixem! Ei-la:

    Ainda te lembras, amor, como tudo começou? Se te esqueceste, eu não.
    Nosso primeiro beija-beija foi atrás da igreja num bailarico de Verão
    A lua estava a sorrir a tua boca a pedir e toda a aldeia também
    Para nos ver acertar e para me encorajar, ainda me lembro meu bem!

    E toda a malta cantou até o padre ajudou "Aperta!", "Aperta com ela!"
    A banda sempre a tocar, o povo todo a cantar: "Aperta!", "Aperta com ela!"
    Nós apertámos os dois, então aí é que foi, Aperta!", "Aperta com ela!"
    Assim amor pois então começou nossa paixão nesse baile de verão!


    IV

    José Malhoa: depois de "apertar com ela", segue o próprio!

    V

    Wakewinha+porno: eu já calculava que mais tarde ou mais cedo isto ia acontecer! Mas quem na verdade julga encontrar pornografia minha na internet? Pelo menos não sob este nome...


    VI

    AANIFEIRA: sim, é possível encontrar-se por aqui referência a este albergue de animais, mas para informações mais detalhadas visitem, por favor, o site oficial da associação!

    VII

    Wakewinha nua no Parque de Santo António: confesso, com esta arrancaram-me uma bela gargalhada! Mas quem ia sequer lembrar-se de tal coisa? Passo pelo dito parque algumas vezes, mas nunca atentei ao pudor...

    Hoje fico-me de novo pelas 7 denúncias! Quem quiser pode aqui deixar o seu nome e morada, associando-se a alguma das pesquisas efectuadas. Quem nunca tentou, pode sempre ir em busca de algo estapafúrdio, para que, mais tarde, quando aqui for delatável, nos possamos todos rir alto e em bom som! Experimentem...

    Etiquetas:

    Brilhantes Conclusões - II quinta-feira, outubro 20, 2005

    Ontem entrei na sala do Departamento de Línguas Estrangeiras, onde costumo desenvolver os meus trabalhos para a escola, mas com a confusão, ninguém ouviu o ranger da porta. Apanhei a conversa a meio, e apesar de não ter sido bem clara, foi perceptível que o alvo das "cusquices" era eu, e que pareciam estar a querer engendrar um plano para me anular!

    Sem sequer tentar disfarçar, fechei a porta e sorri, enquanto proferia o mais sincero Bom Dia!

    À hora de almoço, e no auge da hipocrisia, alargam o sorriso, colocam o olhar inocente e perguntam: "Porque é que não vens almoçar connosco? Vem, já não estamos todas juntas há muito tempo"! ¹

    E depois ainda me perguntam por que raio cada vez mais desprezo a mesquinhez das pessoas! Que p*** de sociedade...

    Fez-me lembrar uma bela conclusão do
    Carlos Moura há uns tempos atrás:

    «As pessoas são, em essência, más.
    Estou a começar a ficar convencido disso.
    Com o passar dos tempos, uns melhoram.
    Outros não.

    Cansa.
    »

    [Os próximos dias não se avizinham fáceis. Devido a um grave problema de saúde de um familiar muito próximo, e para lhe prestar todo o apoio, ausentar-me-ei da blogosfera. A menos que as coisas corram muito mal, a ausência será curta. Aqui virei de novo encontrar o apoio de todos, conhecidos, ou desconhecidos...]

    _____________________________
    ¹ A resposta? Está-se mesmo a ver: um valente, redondo, e explícito NÃO!

    Etiquetas: ,

    Inauguração segunda-feira, outubro 17, 2005

    Entra e guarda o silêncio!

    Cala as preces que aqui ecoam, aconchega os gritos mudos que por aqui desesperam, agasalha o frio das palavras geladas que aqui jazem...

    Emudece-me!

    Assim se apresenta o meu mais recente blog, que surge precisamente para comemorar o meu 1º aniversário na blogosfera!


    Há exactamente 365 dias chegava uma novata à blogosfera, criando o ·▪•●Brainstorming●•▪· sob o mote: "Escrevo porque a alma implora, a ilusão roga e a imaginação exige. Mas, acima de tudo, escrevo porque me agonia guardar todas estas palavras no imo..."!

    Por questões pessoais o seu endereço foi entretanto alterado (as minhas mais sinceras desculpas aos que o linkaram), os comentários não se mantiveram, e o layout suplicava uma mudança.

    Foi então quando decidi criar o seu alter-ego! O espírito será o mesmo, as palavras por vezes mais possantes.

    Estão portanto todos convidados para a inauguração do
    Escritonauta!

    Etiquetas:

    É preciso ver [ler] para crer!!! sábado, outubro 15, 2005

    Há alturas da minha existência em que realmente necessito de atirar o "politicamente correcto" às urtigas e escrever o que bem me apetece, sem sequer tentar ocultar a raiva interior, porque só desse modo a consigo expelir!

    Há dias, através de um comentário da
    Xuaninhah no P'los Animais (blog sobre activismo animal que mantenho em paralelo), descobri uma página de uma menina holandesa, a Tinkebell!

    Com um template cuidado e cor-de-rosa, essa página não faz adivinhar o horror e a perversão a que podemos assistir, mas o título jaz já em si algum pavor:
    What to do with your cat? (Aos mais sensíveis: as imagens são horripilantemente arrepiantes!)

    Desenganem-se os que julgam lá encontrar preciosos cuidados para domesticar o vosso simpático felino! Ao invés disso, e porque na World Wide Web é possível descobrir tudo, encontrarão um modo sórdido de tornar o vosso felino útil... quando morto!

    O modo como o conteúdo da página é apresentado não é explícito, e ficamos sem saber se o gato morre com esse propósito! Mas a avaliar pelo estado de "não-decomposição" do corpo do animal, podemos prever que sim!, a estupidez é de tal modo hedionda, que esta fulaninha matou o gato apenas para ter aquilo que ela considera ser uma mala muito fashion!

    [De algum modo esta atrocidade faz-me lembrar
    outra, a do Cavaleiro João Moura, que gostava tanto do seu cavalo que, quando este morreu, decidiu fazer uma mesa com as suas patas! (Mãezinha, quando fores desta para melhor, vou ter a mesa de telefone mais original de todos os tempos!)]

    O que dizer de tudo isto?
    _______________________________________________

    O que mais me aborrece e intriga é que ainda chamam de irracionais aos outros, àqueles que apenas matam por necessidade! E estas bestas doentes são o quê? Podem ser tratadas como racionais? Que racionalidade é esta, que os leva a considerar normal a mutilação de animais para criação de acessórios ou de artigos de decoração?

    Por isso, meus amigos e caros visitantes, não me levem a mal, mas... não me peçam para ter piedade da Humanidade quando se ouve falar em catástrofes naturais que dizimam a população mundial! Tenho pena, sim!, que a onda do Tsunami não tenha sido suficientemente gigantesca para afogar estas bestas que respiram o ar que se esperava puro! Lamento que o furacão Katrina não se tenha passeado por todo o mundo para "varrer" de vez com todos nós, para nascerem outros Homens. Alguém mais capaz de fazer justiça ao adjectivo "racional”...

    Lamento a agressividade, mas perante estas mostras de vileza, só me apetece desejar o pior à minha espécie!

    Etiquetas: ,

    Uma estupidez por dia,
    Nem sabes a raiva que te causaria!
    quarta-feira, outubro 12, 2005

    A fome apertava e, longe de poder fazer uma refeição com substância, resolvi dar um pulinho a uma dessas casas de sandes que por aí existem espalhadas, para pedir a(quela que não havia de ser) habitual Sandes Vegetariana!

    - Era para levar, por favor!
    [O tempo é precioso, e se podemos fazer a refeição ao volante do automóvel a caminho do local de trabalho, muito melhor...]

    - Por favor, podia colocar a sandes apenas em dois sacos, ao invés dos habituais três?
    [Pelo amor de Deus, não há paciência para desembrulhar aquilo tudo quando o estômago reclama já demasiado alto!]

    O funcionário a preparar a sandes, após segundos de hesitação:
    - Desculpe... mas as regras da casa sobrepõem-se à vontade do cliente!

    Ainda parei um pouco para perceber se tinha realmente ouvido bem, mas ao perceber que a sandes deslizava com convicção para o terceiro saco, não tive quaisquer dúvidas:

    Aquela estupidez tinha mesmo sido pronunciada!

    Etiquetas:

    Blogs Big Brother segunda-feira, outubro 10, 2005

    Abre as portas de tua casa (by Peciscas), e atreve-te a mostrar-nos o que comes (by Gotinha), o look do recanto mais privado de tua casa (by Finúrias), ou o que vestes (by Lua)!

    Bem me parecia que o Big Brother ainda não tinha atingido todas as esferas do quotidiano dos portugueses...

    Pelo sim, pelo não, vou já tirar uma foto à minha gaveta de roupa-interior! Palpita-me que seja o próximo blog da vida privada dos blogosferianos!

    Etiquetas:

    Contorções! domingo, outubro 09, 2005

    Aposto que muitos de vós se regozijavam se conseguissem fazer isto:


    Estarei errada?

    Etiquetas:

    Bom Fim-de-Semana sábado, outubro 08, 2005

    Ui, ui, que soneira¹...

    Acho que vou aproveitar o fim-de-semana para pôr o sono em dia! Afinal sempre posso deixar para amanhã o que não me apetece fazer hoje!!!


    Nota de Agenda - Domingo, 9 de Outubro: Votar!!! (Devemos todos ir às urnas para, nem que seja em branco, fazer valer com um voto a luta pela democracia que a geração anterior travou!


    _____________________________
    ¹ [Subs. Feminino] popular Grande carga de sono; sonolência

    Etiquetas:

    Bem-vindos
    Welcome
    Bienvenue
    quinta-feira, outubro 06, 2005

    Por curiosidade ou não, estou constantemente a espreitar o contador lá em baixo para me certificar da nacionalidade dos que visitam esta página!

    E porque alguns dos que cá chegam não devem perceber patavina¹ do que por aqui se escreve, quis deixar, ainda assim, uma pequena nota de boas-vindas para se sentirem mais confortáveis por cá!


    Bem-vindo, caro conterrâneo!


    E aí, galêra, tudo bom? Sejam bem-vindos à minha página pessoal!


    Hi, there! What's up? Welcome to my Weblog!








    Good morning, Sir! How are you? Welcome to my Web Login!


    Bonsoir, Mademoiselle! Comment ça va? Bienvenue à mon blog!










    ¹ Patavina: [Subs. feminino] coisa nenhuma; nada; [Subs. masculino] Regionalismo pateta; idiota

    Etiquetas:

    5 de Outubro - Implantação da República quarta-feira, outubro 05, 2005

    Foi há 95 anos! Um grupo de "mânfios" achou-se supra-sumo do conhecimento e, acreditando estar a fazer o melhor pela sua nação, deu início a uma revolução que nos conduziria ao final da Monarquia, por forma a nos tornarmos numa República!

    Na altura a população receava a governação por parte de um rei pelo seguinte:

    AIR¹ ::: E se o rei governasse mal?
    2005 ::: Cerca de 465.000 desempregados inscritos nos centros de emprego do IEFP.

    AIR¹ ::: E se fosse cruel para com os súbditos (o povo)?
    2005 ::: Pobreza ameaça 20% da população portuguesa.

    AIR¹ ::: E se ficasse doente ou louco?
    2005 ::: Não comparticipação de medicamentos a doentes com reformas na ordem dos €150,00 / mês.

    AIR¹ ::: E se tivesse ideias extravagantes que prejudicassem as pessoas?
    2005 ::: Milhares de professores trabalham arduamente nas escolas no seu ano de estágio sem um ordenado, e sem sequer terem o direito a bolsas ou subsídios!

    AIR¹ ::: E se tivesse fraca noção do que se passava no seu país?
    2005 ::: Quase um milhão de analfabetos em Portugal!

    É de mim, ou vamos todos enfiar a cabeça na almofada, ao invés de comemorarmos o feriado?

    ____________________________
    ¹ Antes da Implantação da República

    Etiquetas: ,

    Porque hoje é o... terça-feira, outubro 04, 2005

    Image Hosted by ImageShack.us

    Por favor, tratem-nos com respeito! Hoje, e sempre...

    Etiquetas: ,

    Gesto vs. Palavras domingo, outubro 02, 2005

    Esta semana passava por um mupi com publicidade à Revista Caras, e sob uma foto de uma mulher glamourosa lia-se a seguinte inscrição:

    Quem vê caras, vê tudo!

    Numa altura em que a humanidade está perdida na sua luxúria, afogada na veneração aos valores mais materiais, em deterimento do que realmente importa, que é o valor interior de cada um de nós, e a nossa capacidade para fazer mais e melhor por este mundo que se dissipa, o incentivo à indústria do cor-de-rosa, onde nada do que se vê é realmente verdadeiro, e onde por detrás de um sorriso está escondida demasiada sordidez, tinha imensas palavras para dizer aos "senhores" da Edimpresa e aos seus publicitários, mas fico-me por um gesto, porque uma imagem vale por 1.000 palavras:


    [Aqui apresento as mais sinceras desculpas aos meus visitantes mais susceptíveis!]

    Etiquetas:

     

     
     
    |Voltar ao Topo|