Voz Oblíqua: Junho 2005
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006
  • Agosto 2006
  • Dezembro 2006
  • Janeiro 2007
  • Fevereiro 2007
  • Março 2007
  • Abril 2007
  • Maio 2007
  • Junho 2007
  • Current Posts
  • Marcadores / Categorias

  • Adopção
  • Agradecimentos
  • Amigo(a)s
  • Animais não-humanos
  • Apelos
  • Blogs
  • Confissões
  • Contribuições
  • Correntes
  • Crónicas
  • Dedicatórias
  • Efemérides
  • Emoções
  • Entretenimento
  • Exasperações
  • Família
  • Filmes
  • Glórias e Vitórias
  • História e Estórias
  • Imagens
  • Livros
  • Lugares
  • Música
  • Momentos embaraçosos
  • Natal
  • Novidades
  • Oops...
  • Opiniões
  • Páscoa
  • Politiquices
  • Recordações
  • Retóricas
  • Revoltas
  • Rir é o melhor remédio
  • Solidariedade
  • Sugestões
  • Teasings
  • Teatro
  • Televisão
  • Testes
  • Trabalho
  • Vida real

  • Vozes intercessoras

  • A Ouvinte do Bikini Laranja
  • About last Night
  • Adorei estes Dias
  • Amar-ela
  • Baton de Cieiro
  • Blogotinha
  • Cidade Mágica
  • Confidências
  • Cumentarius Ignorantes
  • Divas & Contrabaixos
  • Efeito Fotoeléctrico ou Introdução à Teoria da Relatividade Restrita
  • Espelhos e Labirintos
  • EuE
  • Fábulas
  • Fabulosamente Louca
  • Farinha Amparo
  • Francisco del Mundo
  • Lote 5 - 1º Dto.
  • Mesa de Café
  • Nimby Polis
  • Notas de Aveiro 1.9
  • O Blog que não e meu
  • O Polegar Verde
  • Palavras ao Acaso
  • Palavras entre Palavras
  • Pandora's Box 2.0
  • Pé de Meia
  • Pseudoblog
  • Respostas Paralelas
  • Voz em Fuga
  • Unknown
  • A Revolta dos Pastéis de Nata
  • Carlos Moura
  • Corpo Dormente
  • Espero bem que não...
  • Gato fedorento
  • João Seabra
  • Blogopédia
  • Consultório da Kitty
  • Designed by Xilla

      Hit Counter

      Contagem decrescente para a caça mais atroz do mundo inteiro...

      ANIMAL

     
    Afinal de Espanha vêm bons casamentos! quinta-feira, junho 30, 2005

    Foi esta manhã aprovada a moção no parlamento espanhol que permite aos homosexuais do país vizinho poder casar e adoptar uma criança!

    187 votos a favor
    147 votos contra
    4 abstenções

    Ironia... No mesmo dia em que o país vizinho dá um passo em frente rumo ao progresso e à liberdade, estão duas mulheres portuguesas no banco dos réus no Tribunal de Setúbal acusadas da prática de aborto!

    Hipocrisia... No país do lado já quase ninguém julga as opções de cada um, enquanto nós aqui continuamos a ouvir falar de uns tais de "homofóbicos de Viseu", e nada fazemos para acabar com esta vergonha de uma vez por todas!

    Afinal, quem disse que "de Espanha" não vêm "bons ventos, nem bons casamentos" perdeu algum fundamento de verdade! Importar espectáculos bárbaros como o dos touros de morte está tudo bem!! Mas copiar os bons exemplos é mentira, né?

    Por isso, caríssimo-anónimo-que-andou-pelo-meu-blog-a-acusar-me-de-homofóbica, aqui fica a minha oportunidade para lhe dizer que não sou, nunca fui, nem nunca serei contra a liberdade de expressão de cada um, desde que o livre arbítrio de uns, não passe por cima da liberdade e dos interesses dos outros (e por isso mesmo pode continuar do meu lado a apoiar-me pela defesa dos Direitos dos Animais).

    Julgo que, apesar de Portugal ter vivido a Revolução de Abril há mais de 30 anos, os portugueses não estão ainda preparados para o que daí advém! Anseio pelo dia em que o conceito faça muito mais sentido...

    L I B E R D A D E

    Etiquetas:

    Ontem à noite fui recordar... terça-feira, junho 28, 2005

    Dunas são como divãs
    Biombos indiscretos de alcatrão sujos
    rasgados por cactos e hortelã
    Deitados nas dunas alheios a tudo
    Olhos penetrantes
    Pensamentos lavados



    Para mim a melhor banda de rock em português! Lembram-me os meus sweet sixteen, na altura em que ecoavam no meu quarto as notas do mais vale nunca mais crescer e eu dançava efectivamente sem moralizar...

    Para acabar a noite em pleno, a loucura: um espectáculo de laser, bailado de água, fogo de artifício e música... e tudo isto, debaixo de chuva!

    Etiquetas:

    Ele sabe... Nós também sabemos! segunda-feira, junho 27, 2005

    Etiquetas:

    Ajudem-me com as velas... sexta-feira, junho 24, 2005

    E eis então que se festejam os 10.000 clicks a esta página.

    Esta festa não é minha, mas de todos os que me visitam! Não sei o que vêm procurar, mas espero que o encontrem sempre. O gozo de manter este espaço é (re)descobrir as maravilhas da comunicação entre pessoas que maioritariamente não se conhecem. Mas também é o fortalecer de laços e uniões com alguém com quem nos vamos cruzando.

    Agora se não se importam, ajudem-me com as velas, por favor!



    Foi com muito prazer que constatei que a 10.000ª visita foi a do meu grande amigo Brunex! Não, não foi batota e ele vai mesmo receber uma surpresita minha pela devida atenção! (Essa segue por correio na próxima semana, e por isso depois esperamos pelo seu testemunho por aqui!)

    Como ele não é ganancioso pediu-me apenas uns pequenos versos em sua homenagem. Francamente não estou inspirada hoje (saí de uma oral de Alemão há minutos, para encontrar logo de seguida uma prof. de Inglês, por isso neste momento estou a raciocinar mais em Aleminglês do que em Português), mas lá vai...


    Meu querido amigo Brunex,
    obrigada por estares sempre atento ao que escrevo.
    Bem sei que desejavas um Rolex,
    mas por ora apenas estes versos te devo.

    Gosto do modo simples como nos entendemos,
    da forma como terminas os meus pensamentos.
    O significado desta amizade apenas nós conhecemos,
    espero poder ainda gozar junto de ti de bons momentos.

    Na tua vida há uma Sarita,
    e apesar de todo o amor que lhe dedicas,
    nunca te esqueces desta amiguita,
    mesmo quando com o donuts de morango me picas.


    Obrigada a todos os que participaram comigo nesta festa... Agora: a-t-a-q-u-e-a-o-b-o-l-o!!!

    Etiquetas: ,

    Prestes a festejar... quinta-feira, junho 23, 2005

    O Voz Oblíqua está prestes a atingir um número que se deve festejar: as 10.000 visitas! Por isso, se fores tu o autor do 10.000º click nesta página (segue as setas e comprova na side bar) envia para o meu e-mail o print screen comprovativo da tua visita.

    Tenho uma surpresita para quem o fizer, por isso deixa os teus dados (se fores gajo, e giro, deixa também as medidas e o número de telemóvel... kiddin' )!

    Mais tarde aguardo por vocês para cantar os parabéns e apagar as velas (sim, têm direito a bolo e tudo )!

    Etiquetas: ,

    Vergonhas Nocturnas domingo, junho 19, 2005

    O crime não tem cor...

    Por isso me oponho claramente a qualquer espécie de segregação social (racismo, xenofobia, ou outras marginalizações), e reprimo as atitudes demonstradas por muitos indivíduos de extrema direita na Manifestação contra a Criminalidade que aconteceu ontem à tarde em Lisboa...

    Etiquetas:

    Valeu a pena...

    ...apesar de ter sido apenas por vinte minutos!

    «Xarxa 25, da companhia catalã La Fura dels Baus, é uma ode ao colectivo e à força do "somos".

    Como na procissão grega de Dionísio, aqui o cidadão passa a ser o protagonista absoluto, neste canto onde a união dos elementos e as pessoas que se elevam como um grito para os que estamos e os que virão.»

    Fonte: site oficial do
    Imaginarius @ Santa Maria da Feira

    «Para este "manifesto contra o egoísmo e a individualidade", que celebra "a força do grupo como indivíduo", a companhia utilizará 60 voluntários portugueses. Trata-se de uma "coreografia aérea", em que os participantes ficam suspensos de uma grua, em arneses, a uma altura de 30 a 40 metros. O 25 do nome é também uma auto-homenagem, pois La Fura dels Baus comemora em 2005 um quarto de século.»

    Fonte:
    Guia do Lazer

    Etiquetas: ,

    As Melhores Técnicas do Copianço sexta-feira, junho 17, 2005

    Ténica da Garrafa -> Faz a cábula a computador e imprime com qualquer letra tamanho 1 ou 2 numa impressora a lazer. Corta o fundo de uma garrafa (de preferência de whisky) e esta aumentará o texto 20x, fazendo com que tu percebas o que lá está escrito, sem que os outros imaginem que aquilo é bem mais que um borrão.

    Técnica da Sapatilha -> As sapatilhas
    All Star estão de novo na moda, o que dá muito jeito nesta altura! Limpa bem a sua sola e escreve a matéria aí mesmo. Só precisas de ter cuidado com o que pisas antes.

    Técnica Nokia -> Se tiveres um telemóvel da segunda ou terceira gerações desta marca experimenta o seguinte: escreve a matéria nas "Notas", e coloca esta opção numa das teclas de atalho. Sempre que precisares é só espreitá-lo! Ah!, e se por acaso o professor perguntar, diz-lhe que acabaste de receber uma mensagem da tua cara-metade (funciona sempre com cara de apaixonado)!

    Técnica Roll-on -> Passa a matéria a computador e imprime em forma de lista com uma letra pequena, mas legível. Colas as pontas a dois palitos, e unes cada ponta destes com um elástico. Por fim é só rodar discretamente com os dedos e o que está escrito vai passando linha a linha!

    Técnica Folha-de-Rascunho -> Se os vossos professores vos derem uma folha de rascunho aquando do teste ou exame, só precisam de logo no primeiro exame, providenciar a base para os copianços dos outros. Esta é muito fácil e está-se mesmo a ver: em casa passam toda a matéria concentrada na folha, e numa altura própria do teste / exame trocam pela que vos foi dada nessa altura!

    Técnica Caneta-sem-tinta -> Esta técnica consiste em passar para uma folha em branco toda a matéria com uma caneta gasta. Claro está, tinta, nem vê-la, mas as marcas do texto ficam lá todas, por isso só precisam de pôr a dita folha em cima da mesa - como é branca não atrai a atenção de alheios - e ler com atenção.

    Técnica Tecnológica -> Tens um mini-disc ou cd portátil? Tens micro no PC? Se respondeste a estas duas perguntas afirmativamente tens os meios necessários para o seguinte: em casa grava no PC toda a matéria, lida muito lentamente. Depois passas através de qualquer suporte para o mini-disc ou cd portátil. Durante o teste / exame colocas os auscultadores muito discretamente e passando para a folha o que precisas!

    Técnica Dicionário -> (Apenas para testes ou exames de língua estrangeira) Passas toda a matéria em computador imitando na perfeição o tipo e tamanho de letra do dicionário. Depois recortas em forma de coluna, cortas, colas com fita-cola dupla-face e... já está!

    Técnica da Cor -> Numa folha branca imprimes toda a matéria com a letra num cinzento bem clarinho. Depois encontras um bom lugar para pousares a folha e vais dando uma espreitadela de vez em quando! Quem passar ao lado não consegue ver que a folha está escrita, a menos que se debruce sobre ela!

    Técnica Meia-lua -> Recortas uma folha em forma de meia-lua e dispões a matéria na mesma do modo que preferires. No dia do teste leva um "pionés" e cola a tua meia-lua por baixo da carteira, com a matéria virada para cima. Quando precisares, rodas para ler. E se alguém vier na tua direcção, rodas para ficar escondida!

    Last but not the least... [A minha preferida!]
    Técnica do Elástico -> Passem a matéria toda a computador, mas imprimam-na dividida em tópicos de matéria diferentes. A técnica será a mesma que a lista, porém recortarão cada tópico. Unam todos os tópicos com um agrafo, dando assim origem a um bloquinho. Com um furador façam um furo bem no centro do vosso bloco. Façam passar nesse furo um elástico que irá prender à vossa roupa interior (desenrasquem-se!!). Como nesta altura está calor, e os corsários estão na moda, quer para rapaz, quer para rapariga, façam cair o dito bloco por uma das pernas. Durante o teste / exame puxem pelo "dito" e leiam o que vos importa. Se vier alguém na vossa direcção soltem-no, e o elástico encarregar-se-á de o esconder! (Para meninas também é aplicável com saia pelo joelho ou comprida.)

    (Nota I: não me responsabilizo se alguma destas técnicas se revelar falível e forem apanhados a copiar; na verdade isto não é um incentivo a que copiem, mas... assim torna-se mais fácil!! )

    (Nota II: a técnica da imagem também é muito interessante e não será preciso explicar, né? )

    Etiquetas:

    Para comentários idiotas... quarta-feira, junho 15, 2005

    Estava a "passear-me" pelas páginas do Diário Económico quando me deparei com uma grande entrevista de Belmiro de Azevedo.

    De repente, chamo o-r-g-u-l-h-o-s-a-m-e-n-t-e a atenção:
    - Olha, o meu futuro patrão!!!

    (Para quem não sabe, uma das minhas grandes ambições era trabalhar na
    Sonae Gestão.)

    Um amigo olha para mim espantado e pergunta:
    - Não me digas... Vais trabalhar para a caixa do Modelo???

    (Ok, ok, eu merecia...)

    Etiquetas:

    Sobre o Vasco... domingo, junho 12, 2005

    O Vasco André é um jovem como qualquer outro. Tem sonhos, ambições, gosta de jogar á bola e é bastante sociável. Mas infelizmente as aspirações do Vasco estão pendentes da vontade e do zelo de inúmeras pessoas!

    O Vasco necessita de um transplante de medula óssea com alguma urgência, pois a sua sobrevivência dependerá disso. Amanhã, e após uma onda de solidariedade (embora infelizmente com um resultado aquém da expectativa), reunir-se-ão na Escola Secundária João da Silva Correia, em São João da Madeira, alguns dos voluntários que se inscreveram previamente para a doação. Eu vou lá estar. Porque na verdade não custa nada, e pode valer muito!

    Este post não é uma notícia. Tão pouco uma mera informação. É antes um apelo a todos. Há por aí muitos "Vascos" a precisar da nossa ajuda! Dirijam-se ao Centro de Histocompatibilidade mais próximo e voluntarizem-se como dadores. De um simples gesto podem ser salvas muitas vidas!

    Etiquetas:

    Desesperadas, mas pouco... sexta-feira, junho 10, 2005

    Image Hosted by ImageShack.us Desperate Housewives em Inglês, ou Donas de Casa Desesperadas em Português, uma excelente alternativa aos Domingos de calor na praia... Um olhar irónico na vida de 4 amigas (donas de casa) dos subúrbios norte-americanos. Quase se pode dizer que esta seria a vida das 4 amigas de O Sexo e a Cidade, caso tivessem casado!

    Mary Alice Young (
    Brenda Strong) tinha a família perfeita, morava na casa perfeita, tinhas as amigas perfeitas, mas ainda assim arriscou dar um fim a tudo isso, e acabou com a sua vida em poucos minutos. A partir deste ponto Mary Alice leva-nos a conhecer as suas amigas e família, tecendo alguns comentários a partir de... onde quer que ela esteja!

    Assim conhecemos na intimidade Susan Mayer (
    Teri Hatcher), uma divorciada que vive com a filha, sempre em busca de alguém que lhe confira a segurança que perdeu quando foi trocada por outra mulher; Lynette Scavo (Felicity Huffman), uma mulher que trocou uma carreira de sucesso pela vontade de criar os seus três filhos, que mais parecem uns "monstrinhos"; Bree Van De Kamp (Marcia Cross), uma perfeccionista reinventando Martha Stewart; e por fim, Gabrielle Solis (Eva Longoria), uma ex-modelo que conquistou tudo o que havia sonhado - um marido de sonho, e uma casa que é um deslumbre -, mas que não quer perder a oportunidade de flirtar com o jardineiro (e quem a julga por isso?).

    Em visita ao
    site oficial da série descobri o teste que me permite perceber com qual destas donas de casa mais me identifico! Et voilá, com a Gabrielle! Nunca estamos realmente satisfeitos, pois não? Nada surpreendida com o resultado! =)

    Cliquem na imagem e façam vocês também o teste...

    Etiquetas: ,

    Gostar de Animais é... domingo, junho 05, 2005

    Image Hosted by ImageShack.us...passar a noite inteira a ser picada por duas melgas sem sequer ter a coragem de as esborrachar!!!

    E pra ti, o que é gostar de animais? (Vá, vamos fazer uma colectânea de opiniões!)

    Etiquetas: ,

     

     
     
    |Voltar ao Topo|