Voz Oblíqua: Improvável, mas...
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Improvável, mas... domingo, maio 20, 2007

    Não será mais óbvio irmos assistir a um concerto de alguém de quem somos fãs, do que vermos alguém de quem não imaginávamos gostar, e sairmos de lá com vontade de ouvir todos os seus álbuns de fio a pavio?

    Pois é, aconteceu comigo há uma semana!!! A música que aqui partilho convosco arrepiou-me. No meio das 27.000 pessoas presentes no concerto alguém dançou e recordou a melodia(¹) com mais de 20 anos que seria improvável mexer tanto com ela...



    (¹) Sem qualquer embaraço, mesmo correndo o risco de ser gozada publicamente pelo meu amigo com nome de detergente, leitor assíduo deste blog!!!

    Etiquetas: , ,

    7 Comments:

    At 21 maio, 2007 00:22, Anonymous querias_tu_saber said...

    Olá!
    Venho através deste formulário evidenciar um facto, segundo o qual tenho construído uma opinião categórica acerca do gosto musical da sujeita que escreve bacoradas neste blog e que se pode resumir a uma frase constituída por quantas palavras, quantos os dedos da minha mão do prazer:

    "És uma AZEITEIRA de merda!!!"

     
    At 21 maio, 2007 15:39, Blogger Francisco del Mundo said...

    Com que então vais para concertos assim à doida??? Gosto de uma ou duas musicas dele mas não é essa...:D
    Beijo

    PS- Quem é o senhor???:D Tá agreste...

     
    At 21 maio, 2007 19:54, Blogger brun0.m@rkez said...

    algum parvalhão sem educação!
    :)

     
    At 21 maio, 2007 20:00, Blogger Wakewinha said...

    Alguém com a pila pequena que encontra no modo anónimo de ser mal-criado com as pessoas o resguardo das suas frustrações! Resta-me sentir pena... =)

     
    At 21 maio, 2007 20:04, Blogger Wakewinha said...

    Ou então o friend-foe que gosta tanto de mim, que não tendo mais palavras belas para resumir a amizade que nos une, encontra nas estupidezes a admiração que resta no seu desprezo!!!

    Estiveste bem, oh-gajo-giro-com-nome-de-detergente... Ehe ehe ehe!!! =)

     
    At 21 maio, 2007 23:42, Blogger Dumb said...

    E eu a pensar que era algum amigo de longa data a ser engraçado :S

    Aconteceu-me o mesmo a ver the gift o ano passado. Fiquei rendido...

     
    At 25 maio, 2007 20:01, Anonymous Maria_S said...

    Também gosto.

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|