Voz Oblíqua: Crónicas da Vida Real - XIV
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Crónicas da Vida Real - XIV segunda-feira, abril 10, 2006

    Numa conversa com a mesma amiga, e ainda a propósito das suas relações fugazes, e de como continua a sentir-se objecto com fins medicinais para as pessoas com quem se cruza, soltou outro desabafo:


    Pensos Rápidos


    «Sou penso-rápido, de qualidade idêntica à Hansaplast. Mas mesmo os melhores pensos acabam rompidos... por isso se chamam rápidos!»

    [Ainda para M.]

    Etiquetas:

    14 Comments:

    At 10 abril, 2006 16:34, Blogger Sara MM said...

    Ai.... desejar-lhe-ia melhor :o|

    PS-esteve pifado, esteve, mas já tá bom :o) venha a piada!!!!!!!!

     
    At 10 abril, 2006 17:41, Blogger Lolita said...

    ;-) Essa está bem gira!!! Beijitis!

     
    At 10 abril, 2006 18:16, Blogger mnica ;* said...

    (não é uma ideia agradável...)

    mas... vamos pelo lado positivo:
    ajudou a alguém ficar "melhor" ou "curado"!

    haverá, com muita certeza, alguém que a fará sentir única e imprescindível.

    Jinhos e boa semana Linda!

     
    At 10 abril, 2006 19:32, Blogger Lua said...

    Boa Analogia!!!

     
    At 10 abril, 2006 20:54, Blogger Raquel V. said...

    Muito bem visto!


    (andei a cuscar! cada vez melhor o blog... qualidade visual e escrita excelente!!!)

     
    At 11 abril, 2006 10:43, Blogger Isolamentos said...

    ...eu não diria que é por isso que se chamam pensos rápidos... :) mas é por isso que são descartáveis...

    ...acho que o rápido é apenas pela facilidade do curativo...é colar e pronto..! ainda assim...acho que há feridas que os pensos rápidos nem sequer disfarçam...! e dito isto, e ainda assim...acho que é uma boa analogia... :) *

     
    At 11 abril, 2006 10:47, Blogger SoNosCredita said...

    mto à frente!

     
    At 11 abril, 2006 11:48, Blogger pisconight said...

    Excelente!!
    ;)

     
    At 11 abril, 2006 20:24, Blogger Sara MM said...

    então a piada?!?!?!?

    :o)

    BJs

     
    At 12 abril, 2006 12:46, Blogger Eva Shanti said...

    Recuso-me a ser penso para os outros - nem rápido nem compressa.

    Provavelmente essa é a causa da dificuldade de manter relações que realmente valham a pena: somos descartáveis, de consumo imediato e altamente substituíveis.

    Não quero servir de anestesia aos outros, nem quero usar os outros como cura dos meus problemas ou da minha solidão.

    Mas reconheço que muito boa gente se sinta como um penso rápido ou um bombeiro que apaga fogos aqui e ali.

    A percepção que temos de nós próprios pode influenciar negativamente a forma como os outros nos vêem.

    Mais uma vez, há que trabalhar a auto-estima e reconhermos o nosso valor.

    Bjs

     
    At 12 abril, 2006 16:02, Blogger Ouvinte said...

    Digo que é uma ideia que podia surgir a qualquer um que não encontre uma verdadeira desculpa para as relações fugazes, mas mesmo assim penso que será diferente no dia em que ela deixar de ser um penso rápido para ser os pontos de uma ferida.

     
    At 12 abril, 2006 18:21, Blogger bolaxamaria said...

    O mais curioso é que nunca tal me tinha passado pela cabeça...
    Há coisas do caraças... ehhehehe

     
    At 12 abril, 2006 19:36, Blogger soslayo said...

    Wakewinha, rápidos e eficientes e, isso é o que interessa! O resto são conversas. Um beijinho.

     
    At 13 abril, 2006 02:01, Blogger Alien David Sousa said...

    Ela lá sabe. Não quero estar para aqui a despejat sentenças sobre a pensa rápida.
    bjs

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|