Voz Oblíqua: Porquê?
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Porquê? quarta-feira, março 22, 2006

    Da conversa com um amigo ficaram-me as palavras:

    «A vida é mesmo assim: perdemos uns amigos, que se substituem por outros; os amores perdidos dão sempre lugar aos renovados; perdemos os nossos pais, ganhamos os nossos filhos...»

    Porquê?Mas isto contraria todas as leis da natureza, e não há explicação baseada em lógica ou leis naturais que nos possa sossegar e consolar o âmago: ontem uma pessoa amiga teve o seu bebé de 15 meses a ser operado ao cérebro, pois foi-lhe diagnosticado um tumor de origem cancerígena. Uma operação "de cabeça aberta" é de uma violência extrema, e nenhuma criança tão pequena e indefesa devia ter de passar por isto! O tumor alastrou-se à espinal medula, e os órgãos vitais começaram a perder as suas funções. O bebé está em fase terminal.

    Desculpem o meu desabafo, mas estou demasiado abalada para conseguir aceitar este cenário, mais ainda quando queria poder dar o maior apoio possível a esta amiga, que foi uma das pessoas mais importantes para me restituir a força há uns meses atrás...

    Acredito que todas as pessoas nascem com uma função, e quando essa termina, a sua vida terrena cessa, por isso...

    ...alguém me pode dizer o que vem uma criança fazer ao mundo, se lhe roubam o dom da vida antes mesmo de ela poder retribuir o amor que os seus pais têm por si?

    Etiquetas:

    11 Comments:

    At 22 março, 2006 15:52, Blogger boleia said...

    e' sempre uma de alma ver um crianca perder o dom de fazer sorrir os outros!... e nada mais se pode dizer neste momento senao que e' bom para os pais terem uma amiga como tu!

     
    At 22 março, 2006 20:57, Anonymous Anónimo said...

    não há justificação e a fé é posta à prova. será q existe alguém acima de nós? e q razões serão as deles p/a fazer estes tipos de testes de devoção? há tantas injustiças e coisas sem explicação q às vezes duvido mesmo que ele exista.
    um beijo da tixa.

     
    At 22 março, 2006 22:17, Blogger bilelo said...

    Lá dizia o outro:
    deus morreu.

     
    At 23 março, 2006 10:21, Blogger mnica ;* said...

    Linda... a função desta criança não termina com ela... ou é assim que me tento enganar...

    Olha para ti! Não estas tu a fazer questões? a Indagar a verdade por tras da alegri ou da tragédia?

    Será que não estas e crescer e a fazer crescer em humanidade os que aqui passarem para ler e sentir?

    Essa é uma criança especial! tem o Dom de trazer HUMANIDADE E SENSIBILIDADE

    Jinhos ;*

     
    At 23 março, 2006 14:11, Blogger Miguel said...

    Existem hoje, como ontem perguntas para as quais não temos resposta. Nunca teremos. Resto-nos não fugir da dor e aprendermos a dar importancia ao que é importante.


    Coragem...para transmitires coragem!

     
    At 23 março, 2006 19:42, Blogger Sinapse said...

    Tens razão. É de continuar a gritar essa tua última pergunta, gritá-la até à exaustão, até que 'alguém' a ouça e, porventura, nos responda ...
    Mas, entretanto, coragem e força, para amparares a tua amiga.
    Beijinho,
    Sinapse

     
    At 23 março, 2006 20:36, Blogger malubacc said...

    devemos mais d k força moral, coragem, sê um bravo

     
    At 23 março, 2006 21:58, Blogger Miguel said...

    È o ciclo da Vida!

    Mas não podemos desistir no primeiro obstaculo!

    Força, Amiga!

    Bjks da Matilde

     
    At 24 março, 2006 20:06, Blogger Alien David Sousa said...

    É mau, é muito mau. Não consigo imaginar como eu estaria numa situação dessas.
    Força para ti, a tua amiga vai precisar do teu apoio.
    Fica bem

     
    At 26 março, 2006 03:28, Blogger lélé said...

    É nestas alturas que desejaríamos acreditar num qualquer deus omnipotente, a quem pudéssemos chamar sacana de merda...

     
    At 30 março, 2006 15:34, Blogger homempasmado said...

    Não é reconfortante, mas talvez aquilo em que acreditas não seja verdade!
    :-(

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|