Voz Oblíqua: Dever vs. Direito
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Dever vs. Direito domingo, janeiro 22, 2006

    Boletim ViciadoNão percebo porque todos lhe chamam um dever cívico! Para mim é claramente um direito adquirido, que perpetro sempre com orgulho. Que mais não seja por uma questão de préstimo àqueles que tiveram a "cabeça a prémio" aquando da luta pela democracia!

    O meu já foi hoje cumprido, e apesar de ter sorrido sozinha na tentação de dizer na mesa de voto o que se lê no boletim aqui do lado, acabei por votar séria e conscientemente! Senti-me como que na Casa do Big Brother, pois pela primeira vez no meu historial eleitoral não votei no candidato da minha predilecção, mas estrategicamente noutro.

    Quem me conhece sabe que nem a ferros discuto política, por isso escusar-me-ei posteriormente a tecer quaisquer considerações acerca dos resultados! Creiam apenas que o candidato eleito hoje será um importante elemento de travagem ou aceleração (dependendo de quem tomar o cargo) da minha vontade de emigrar! Infelizmente, e porque continuo com um sexto sentido apurado, penso que a partir desta noite passarei a tratar do meu processo de "pregação noutra freguesia" a 200km/h...

    Etiquetas:

    4 Comments:

    At 22 janeiro, 2006 21:19, Blogger Filipe said...

    Wakewinha, se quiseres podes fazer-me companhia na minha pregação para terras distantes! ;)

     
    At 23 janeiro, 2006 23:21, Blogger Carmita said...

    E assim se vai comprovando q o melhor de Portugal se encontra lá fora. :)

     
    At 24 janeiro, 2006 18:32, Blogger Carlos said...

    O melhor de Portugal não está lá fora. Está cá dentro.
    E estáé morto, mas isso é outra história...
    Parabéns pelo blog!

     
    At 24 janeiro, 2006 21:25, Blogger Rita said...

    Emigra, amiguinha, força nisso... dá ás asas antes que tas cortem. Bjufas:)***

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|