Voz Oblíqua: Crónicas da Vida Real - XVII
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Crónicas da Vida Real - XVII segunda-feira, maio 29, 2006

    Abriu a caixa de e-mail e reparou que, entre tantas mensagens novas, tinha lá aquela. Há muitos anos que aquele nome na caixa de entrada do seu e-mail mexia demasiado consigo...

    Desta vez, no assunto lia-se "Pergunta Simples". Abriu curiosa, e lá dentro estava apenas a "tal" pergunta descomplicada: «Para ti, o que seria um dia perfeito. Pensou um pouco no assunto, pois apesar de gostar imenso que lhe colocassem questões difíceis, esta parecia-lhe a mais complexa de todas. Sem mais demoras respondeu:

    Dia Perfeito«
    Penso que um dia feliz para mim é aquele em que tenho oportunidade de fazer pequenas coisas que me aprazem! Terminar um livro dá-me prazer. Começar outro deixa-me em pulgas. Conversar. Conversar longas horas com pessoas inteligentes. Partilhar emoções e momentos. Ouvir o mar. Pisar a areia. Sentar e olhar o infinito. Ser acariciada pelo vento. Brincar. Andar de baloiço. Adoro andar de baloiço. Ajudar um amigo. Ou ajudar apenas alguém do nosso lado que necessite. Sentir-me útil. Criar algo de novo. Deixar a minha marca em alguma coisa ou alguém. Poder saborear a inocência de uma criança. Poder olhar a sinceridade num animal. Experimentar um sabor novo. Ouvir uma música intensa. Dançá-la com alguém. Ou dançar sozinha na minha imaginação. Cantar. Ouvir alguém cantar para mim. Sussurrar. Ouvir alguém sussurrar para mim. Encontrar a calma e a serenidade num jardim! Sozinha. Ou com alguém...

    Julgo que isto, e não tudo isto, é capaz de me fazer pousar a cabeça na almofada e dizer: foi um bom dia!
    »

    Ele não tardou a levá-la a sair e a criar um dia perfeito. Só para ela!

    Etiquetas:

    5 Comments:

    At 30 maio, 2006 00:29, Blogger brun0.m@rkez said...

    são sortes!

     
    At 30 maio, 2006 09:08, Blogger johnny handsome said...

    Que todos os teus dias sejam perfeitos... Sem precisarem de ser encomendados. ;)) Bjs.

     
    At 30 maio, 2006 21:56, Blogger boleia said...

    e foi de certeza mais um dia perfeito, nao?... ;)

     
    At 31 maio, 2006 00:15, Blogger dulce said...

    Um dia perfeito ... que maravilha!
    Beijos.

     
    At 31 maio, 2006 11:18, Blogger SoNosCredita said...

    :)
    "Terminar um livro dá-me prazer. Começar outro deixa-me em pulgas. Conversar. Conversar longas horas com pessoas inteligentes. Partilhar emoções e momentos. Ouvir o mar. Pisar a areia. Sentar e olhar o infinito. Ser acariciada pelo vento. Brincar. Andar de baloiço. Adoro andar de baloiço. (...) Sentir-me útil. Criar algo de novo. Deixar a minha marca em alguma coisa ou alguém. Poder saborear a inocência de uma criança. Poder olhar a sinceridade num animal. Experimentar um sabor novo. Ouvir uma música intensa. (...) Cantar. (...) Encontrar a calma e a serenidade num jardim! Sozinha. Ou com alguém..."

    isto podia ter sido escrito por mim... ñ sei é se sairia tão bem, tão fiel ao que sinto e gosto!

    quanto ao dia perfeito... ñ é para todos!

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|