Voz Oblíqua: Crónicas da Vida Real - XV
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Crónicas da Vida Real - XV terça-feira, maio 02, 2006

    Ao telefoneAo telefone:

    Ele: Deves ser a mulher que conheço com maior número de solicitações, a par da tua agenda profissional preenchida, mas eu não desisto de te convidar para sair...

    Ela: Se calhar até tens razão, ponho o trabalho à frente de tudo, quando na verdade não é uma saída que me vai desconcentrar ou fazer perder tempo.

    Ele: Então quer dizer que posso formalizar o convite, que tu vais aceitar?

    Ela: Sim, desta vez sim. (Há um ano que o interlocutor ouvia apenas "não"!)

    Ele: Quando estarás disponível?

    Ela: Não tenho nada marcado nestas próximas três noites, e posso tirar uma folga não planeada do trabalho ao computador. Portanto, deixo ao teu critério...

    Ele: Pode ser já hoje para despachar? Passo por tua casa às xxhxx!

    Para despachar?!?!?

    [N.d.r.: Por diversas vicissitudes não me tem sido possível blogar a meu bel-prazer, e o ritual passa por postar, mas visitar-vos e ler-vos com todo o interesse. Fico a questionar-me se não valerá mais a pena interromper o blog indeterminadamente...]

    Etiquetas:

    10 Comments:

    At 02 maio, 2006 18:54, Blogger boleia said...

    va, nao vais comecar tambem com essas coisas, nao?...
    sobre o "date" nada como despacha-lo, a ele, calro!

     
    At 02 maio, 2006 23:33, Blogger pisconight said...

    Terminar porquê? Podes postar sempre que bem entenderes!!
    ;)

     
    At 03 maio, 2006 01:18, Blogger brun0.m@rkez said...

    és tu e eu...

     
    At 03 maio, 2006 11:42, Blogger johnny handsome said...

    Ao contrário do que podes dizer, ou pensar, tens uma obrigação moral e ética para com os teus leitores fiéis....Ná..não vamos por aí.
    Por muito que goste de te ler, e gosto, não é na perspectiva egoísta que vejo o assunto.
    Faz como melhor te aprouver e escreve quando e como te apetecer. Nós os fiéis podemos ter mais ou menos sede mas acabamos por saciá-la tarde ou cedo. Desde que não pares por completo! ;)) Um interregno sabático ás vezes é bom para espairecer...Eu de vez em quando faço-os...

     
    At 03 maio, 2006 12:57, Blogger Nilson Barcelli said...

    Ainda há gente despachada...!
    Texto que deve sedrvir para alguns pensarem um bocadinho no que ando por aí a fazer.
    Beijinhos

    PS: volta quando puderes, mas depois vais pagar com juros...

     
    At 03 maio, 2006 13:21, Blogger analuíssa said...

    Seguindo o comment do nilson, depois pagas a ausência com juros!
    Eu passo cá de vez em quando (shame on me), mas o tempo é curto para tudo o que se faz por cá...
    Mas não me agrada a ideia de abrir a voz e não haver nada para ler à hora de almoço (como agora, que me encontro com o prato da sopa à frente)... Portanto Senhora Dona Wak é favor não abandonar a clientela!

     
    At 03 maio, 2006 16:53, Blogger Eva Shanti said...

    Ok, acho que "ele" perdeu a oportunidade que esteve 1 ano à espera... Por outro lado, as pessoas nem sempre são perfeitas, às vezes têm estas saídas tristes, por isso, eu voto em dar-lhe pelo menos 15 minutos!

    Quanto ao blog, tem de ser um prazer, não uma obrigação - digo eu que ando por aqui há 6 meses...

    Bjs

     
    At 03 maio, 2006 17:46, Blogger mnica ;* said...

    E vais deixar também de escrever, é??

    Se presisas de descansar, tudo bem, mas... não deixes de nos surpreender... não deixes de nos educar e partilhar a alma como tão bem o sabes fazer!

    Para despachar... bem! muito animador?!

    Jinhos gordos!

     
    At 04 maio, 2006 03:07, Anonymous skype-ó-intruder said...

    Arranjas, assim uns "Certificados/Comprovativos" tipo os ke dão nos seminários académicos, mesmo quando não tivemos (haha right) tempo para lá ir, mas estávamos inscritos, assinas com uma rúbrica apressada e entregas "com elevada estima e consideração" agradecendo o convite e a companhia. Ah, e se tiveres tempo claro, podes sempre tomar um cimbalinu em pé, a correr, antes de entregares ao ditucujo, só pra ser mais pro-form. 8)

     
    At 06 maio, 2006 00:16, Blogger 2006desabafos said...

    Adorei o " para despachar" dele.
    O homem tem razão.
    Esse conto lembrou-me uma historia.
    Uma mulher diz a um homem que eles poderão sair juntos se ele esperar por ela mil noites.
    Quando chega a 998 noite ...., ele farta-se e vai-se embora.

    É um pouco como este " para despachar".
    O homem tá saturadinho de esperar.


    Ele não quer esperar mais. Quer despachar a história rápido mesmo que isso signifique a historia acabar.

    Ele tá saturado.
    Não hà pachorra que aguente esperas infinitas.
    (A mim tb me aconteceu um pouco o mesmo. Tanto esperei que saturei).

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|