Voz Oblíqua: A Carochinha Reinventada
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    A Carochinha Reinventada segunda-feira, maio 15, 2006

    A Carochinha Reinventada
    O mundo das conquistas anda cada vez mais turvo! Os convites sucedem-se, os homens vivem na ânsia de fazer crescer a sua lista de "tomadas", e as mulheres desesperam... Depois, claro, lista-se um interminável número de fracassos e mostras de débil personalidade ou perturbações psicológicas. E quanto mais penso nisto, penso em como se podia reescrever o conto da Carochinha:

    Era uma vez uma Carochinha que achou cinco réis varrendo a cozinha. Pôs-se à janela, a ver quem queria casar com ela.
    - Quem quer casar com a Carochinha, ela é perfeita e bonitinha e também tem sua casinha? Para a Carochinha conquistar, o Certificado de Aptidão Psicológica deves apresentar!


    [Pouse o rato por cima da parte destacada.]

    Etiquetas:

    13 Comments:

    At 15 maio, 2006 13:21, Blogger brun0.m@rkez said...

    Não fales muito que qq dia vais lá parar já que vives em Wisteria Lane! =P
    Fora de brincadeiras nos dias de hoje as coisas são mt estranhas, existe por aí muito "boa" gente doida só com terceiros interesses!

    jokas e boa semana! ;)

     
    At 15 maio, 2006 15:54, Blogger Lua said...

    Olha que esta nova versão do Conto não está assim tão longe da realidade como se possa pensar!

    Marta

     
    At 15 maio, 2006 18:37, Blogger bilelo said...

    Também não posso deixar de concordar: ora, todo e qualquer candidato a João Ratão, já sabe que vai cair no caldeirão. Só um gajo com umas menções estranhas no certificado se prestará a tentar conquistar a carochinha...

     
    At 15 maio, 2006 21:43, Blogger mnica ;* said...

    "de médico e de louco todos temos um pouco"... verdadeiro louco a necessitar de certificado é quem não tem, em seu perfeito Juizo, esta consciência!

    Uma óptima semana para ti!!!
    Jocas;*

     
    At 15 maio, 2006 22:42, Blogger Hindy said...

    :)

    Beijinhos

     
    At 16 maio, 2006 09:08, Blogger johnny handsome said...

    E já agora extractos bancários, Carta de Condução, Declaração do IRS do ano anterior, Registo Criminal, análises em dia, Atestado Médico completo, ECG, EEG, ecografias consoante os casos, etc. etc. etc. Ah! E a famosa Micro RX do tórax!!!

    Nada como um bom cadastro ;))

    Relativamente ao teu post Rakel, quem achas que estaria habilitado a passar esses certificados? Quem? Ah! Pois.... ;))
    Beijokas.

     
    At 16 maio, 2006 12:09, Blogger no_cu_e_bom said...

    O pessoal anda tudo passado da cabeça pelo simples facto que tem cabeça.
    É uma daquelas conclusões que doi.
    Apesar de alguns "pensarem" que são de uma raça superior, não faz deles perfeitinhos da mona.

    Beijo da tua para sempre no_cu_e_bom.

    P.S. Obrigado pelo mail.

     
    At 17 maio, 2006 00:42, Blogger Å®t_Øf_£övë said...

    Wakewinha,
    Não era só essa história que podia ser reinventada. A mim parece-me que todas as histórias infantis o poderiam ser.
    Bjs.

     
    At 17 maio, 2006 06:05, Blogger boleia said...

    já estivemos mais longe disso, ah pois já!

     
    At 18 maio, 2006 02:58, Anonymous Incógnito Consequente dia-nim-dia-também said...

    Ha ha. Certifucado do kem? Passado pelo kê? Está-se mesmo a ver, sai uma notícia no Expresso, desmentida pelo Governo, a TVI faz a reportagem, cria-se polémica, o assunto vai a discussão à AR sobre quem tem o dever/direito a atestar e receber o dito, por fim é aprovado em conselho de ministros a criação de uma comissão para tratar do dossier, tudo oficializado em Diário da República, com prazo de candidatura para o próprio dia claro, onde consta uma descrição exaustiva e limitadora de quem é eligível a candidato, seguida de trinta e sete alíneas de condições especiais que contornam as ditas limitações.

    Viva a democracia e o arroz doce!

     
    At 18 maio, 2006 17:14, Blogger pisconight said...

    Essa história por vezes acontece realmente...
    ;)

     
    At 18 maio, 2006 23:30, Anonymous Dra.Daniela Mann said...

    EH EH EH EH EH
    Olá colega,
    Estamos em sintonia, porque no meu blog está a reevinvençao da Cinderela! Foi uma versão toda modernaça que recebi por email e está hilariante!
    Beijinhos da Dani

     
    At 20 maio, 2006 19:21, Blogger SoNosCredita said...

    um "mundo de conquistas" que cada vez me enoja mais...

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|