Voz Oblíqua: Tenta de touros ilegal
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Tenta de touros ilegal sábado, fevereiro 26, 2005

    Porque também devemos falar de coisas sérias...

    Image Hosted by ImageShack.us

    Está prevista para amanhã, 26 de Fevereiro, uma tenta de touros na Herdade da Baracha, outrora o palco da muito assistida Quinta das Celebridades (TVI). Esta tenta está inserida no evento "Regresso à Quinta", em espécie de divulgação pós-QC1 / pré-QC2.

    Tomei conhecimento desta notícia através da Associação Animal, que tratou já de enviar um comunicado a todas as autoridades locais para que impeçam esta brutalidade de acontecer, tentando também, em simultâneo, dissuadir o Director Geral da TVI, José Eduardo Moniz, de levar a cabo esta ofensa! E isto é o que basta para me fazer indignar, pela enésima vez...

    -> Quão energúmenos são os mentores de uma atitude denunciadora de tamanha falta de bom senso?
    -> Pior, onde está o factor de entretenimento neste dito espectáculo?
    -> Quem são as pessoas que assistem, e qual o julgamento que podemos fazer delas?

    A mim enojam-me estas coisas. Peno-me por estar integrada numa sociedade demente, que recorre ao sofrimento de criaturas inocentes, que têm tanto direito a viver como eu que escrevo, tu que lês, ou como os sacanas que sentam o rabo e riem com o sangue jorrado de uma luta injusta.

    Tentei, de todos os modos, ser imparcial enquanto vos denunciava esta barbaridade, mas cá dentro, não muito longe de explodir cá para fora, está uma raiva imensa pelos donos e senhores de uma estupidez inqualificável, senhores que despertam em mim instintos desconhecidos, capazes de me levar a um desejo imenso de que venham a sofrer tanto, quanto deliberadamente fazem sofrer inocentes. De uma pena não menos leve devem padecer todos os que aprovam estes infortúnios!

    Mas Ele é grande e assiste. E um dia vai faze-los pagar por terem brincado com a Sua obra! Eu acredito! Eu acredito e anseio...

    As tentas de touros, actos equiparados às sortes de varas, são uma das mais violentas práticas tauromáquicas, em que, do alto de cavalos com armaduras, os picadores espetam varas com ferros compridos nas pontas no dorso dos touros, para, supostamente, aferir a bravura destes, quando, na verdade, o objectivo é ensaguentá-los, quebrá-los e deixá-los febris para, de seguida, poderem ser mais facilmente brutalizados na tourada.

    Etiquetas: ,

    8 Comments:

    At 26 fevereiro, 2005 03:26, Anonymous Tyrant said...

    Se te enojas, eu vomito mesmo! Era correr com esses filhos-da-p... a tiro. Cada vara espetada nos animais, cada vara espetada pelas entranhas desses cabrões.

     
    At 26 fevereiro, 2005 13:03, Blogger R/B Estação said...

    Que mau programa para o meu dia de aniversário... fogo!! Odeio touradas!!
    Beijinho.

     
    At 27 fevereiro, 2005 10:02, Anonymous Albatroz2 said...

    Dá-me a volta ao estomago.
    A RTP tb tem a sua corrida de touros....é uma vergonha.
    Lia numa revista economica (não me recordo qual) que somos um povo brando, pacífico....há países em que quando as empresas não cumprem as normas sociais....há autenticos boicotes aos seus produtos...uma forma das pessoas poderem manifestar o seu desagrado por determinadas praticas levadas a cabo pelas empresas.

     
    At 27 fevereiro, 2005 14:32, Blogger Wakewinha said...

    Albatroz, agora que falaste em boicote, chegaste exactamente a um cerne desta questão para mim. Aliás, no post original estive para abordar esse assunto, mas quê?, vamos dizer às pessoas para não verem televisão? Vamos dimunuir as audiências? Isso infelizmente não será possível, pois se o fizéssemos, seríamos uma minoria sem grande representabilidade!
    Na minha opinião a intervenção deveria ser feita junto dos responsáveis por estas barbaridades, e chamá-los à razão! De outro modo não conseguiríamos... :(

     
    At 27 fevereiro, 2005 15:35, Blogger a said...

    há algum tempo tivemos uma grande polémica sobre esta questão dos touros e das touradas. discutiu-se, discutiu-se, e o que mudou? nada! :(
    aos "defensores dos animais" vão sempre opor-se os "defensores da cultura e da tradição".
    pessoalmente, e pondo de parte a problematização do estatuto dos animais relativamente ao Homem, não vejo a utilidade de uma tradição que só preserva a brutalidade. não me venham com a história de que é uma festa muito peninsular, com trajes próprios e tudo: podem fazer isso tudo sem sangue, ou não?

     
    At 27 fevereiro, 2005 20:22, Blogger Wakewinha said...

    Caxopa, fóssemos nós ligar à tradição, a bigamia não era má olhada na nossa sociedade. Fóssemos nós ligar à tradição, as relações homossexuais não era tão desprezíveis como as pessoas as fazem. Fóssemos nós ligar à tradição, os nossos pais encomendavam-nos os casamentos.

    E eu pergunto-me: quem são os jumentos da nossa sociedade que que aclamam perder-se tantos costumes, mas que insistem em manter esta brutalidade das touradas (e aqui podíamos falar também na luta de cães ou galos)? Isto é uma tradição?!?

    Sabem que mais? A mim dá-me é vontade de sair por Portugal fora e enraizar uma nova tradição: espetar varas nas costas dos toureiros! Parecer-lhes-á bem, hein?

     
    At 28 fevereiro, 2005 21:33, Anonymous Anónimo said...

    Partilho a vossa indignação. Apetecia-me mandar toureiroS, ganadeiros e a restante corja das touradas para um arena romana, isso sim, eram tradições...
    É bom saber que vamos sendo mais!Espero encontrar-vos na próxima marcha da ANIMAL.Coragem porque a luta pelos direitos dos animais não é fácil!

     
    At 02 março, 2005 11:03, Blogger O Vizinho said...

    As touradas, todas elas, são um nojo e uma vergonha para um povo que se pretende civilizado.

    Eu não me canso de dizer:

    Se tourada é cultura então canibalismo é gastronomia!

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|