Voz Oblíqua: Quinzena dos Testes - <i>Last, but not the least</i>
 
    The Voice Mail

 

Voz Oblíqua

Voz: [subst. fem.] Produção de sons emitidos no ser humano pela laringe com o ar que sai dos pulmões; grito; clamor; linguagem; fig. opinião; poder; inspiração; conselho; sugestão. Oblíqua: [adj. fem.] enviesado; torto; vesgo; fig. indirecto; dissimulado; ambíguo; dúbio.
 
 
 

Disse-se em...

Patrocí­nios da Voz

  • Design by Stacee Leung
  • Powered by Blogger
  • Images hosted by ImageShack
  • Search Engine by Free Find
  • Comments System by Haloscan
  • FAQs sobre blogs.

    O Valor da Voz:

    A Encadear a Voz:

     
    Quinzena dos Testes - Last, but not the least quarta-feira, dezembro 21, 2005

    ::: Human Metrics :::
    Há quem diga que devemos esquecer todos os testes de personalidade que fizemos antes, pois somente este consegue realmente dizer quem e como nós somos!

    Se é assim, preparem-se para me ver despida¹ mais uma vez!

    Ao que parece sou do tipo ENFJ (Extroverted-Intuitive-Feeling-Judging):
    Extrovertida: 44%
    Intuitiva: 50%
    Sensível: 62%
    Opinante: 11%

    Os ENFJs são os pedagogos benevolentes da humanidade. Têm um carisma tremendo, e por isso mesmo muitos se deixam envolver na sua tutela ou nos seus esquemas. Muitos ENFJs têm um poder tremendo para manipular os outros com as suas fenomenais capacidades interpessoais e o seu jeito único de "vendedor"! Mas a sua forma não é usualmente entendida por manipulação, porque os ENFJs acreditam realmente nos seus sonhos, e vêem-se a si próprios como auxiliares ou como aqueles que são capazes de tornar as coisas possíveis - e normalmente até são!

    Os ENFJs são aprendizes globais. Eles vêem a big picture, focam-se no lado expansivo de cada detalhe. Alguns são capazes de levar a cabo um extraordinário número de responsabilidades e projectos em simultâneo. E muitos têm uma forte capacidade para a gestão.

    Por definição, associamos os conceitos de organização e resolução aos ENFJs. A sua organização tem mais a ver com as relações interpessoais. Os seus gabinetes podem estar ou não organizados, mas as suas conclusões (às quais chegam através daquilo que sentem) acerca de pessoas ou motivos são delineadas muito rapidamente, e são bastante resistentes!

    Os ENFJs conhecem e apreciam as pessoas em geral. Tal como todos os sensíveis, eles são capazes de negligenciar eles próprios e as suas necessidades, para atender às necessidades dos outros. Têm barreiras psicológicas mais ténues que quaisquer outros, e estão constantemente expostos ao risco de serem magoados, ou até mesmo abusados, por pessoas menos sensíveis. Usualmente os ENFJs carregam mais o "fardo" dos outros, do que aquele que realmente deviam poder aguentar.

    ®™: "Os últimos são sempre os primeiros!"

    Isto refere-se à política de porta-aberta característica dos ENFJs. Um ENFJ dá sempre as boas-vindas / cumprimenta qualquer pessoa que passe junto de si! E mesmo que envolto numa determinada conversa, o ENFJ permite-se interromper para atender à necessidade de alguém que entretanto surja! Enquanto conversa com esta terceira pessoa, pode mesmo interromper se o telefone tocar...

    E vocês? Têm realmente a coragem para conhecer o vosso Eu verdadeiro?
    Testem aqui...

    ¹ Despojada de dissimulações!
    * Tradução mais ou menos literal do original.

    Etiquetas:

    2 Comments:

    At 23 dezembro, 2005 15:13, Blogger Clara Duarte said...

    eu sou ISFJ... http://typelogic.com/isfj.html

    tenho paciência, mas apenas para quem merece, atenção.

     
    At 23 dezembro, 2005 23:32, Blogger Raquel V. said...

    Porque ainda que o mundo
    Não seja perfeito como desejaríamos
    Mas cada ser humano é único
    E encerra em si todo o potencial
    Da humanidade…

    Um Belíssimo Natal e Melhor 2006
    Beijos e um Postal de Natal,
    Raquel

     

    Enviar um comentário

    << Home

     

     
     
    |Voltar ao Topo|